Que a serra circular manual virou a queridinha dos marceneiros amadores isso não é novidade alguma.

Com preços mais atraentes que suas irmãs de bancada e ocupando um espaço insignificante não há quem trabalhe com madeira que não tenha ou não queira uma.

Ainda sim sem o auxilio de guias e jigs diversos ela fica limitada, por isso resolvi agrupar algumas dessas guias nesse post para facilitar a nossa vida.

Esse talvez seja o jig “pai” da maior parte dos usados atualmente

Inspirado nessa versão “pai” fiz a versão esquadro e com grampos auxiliares que deixam as mãos livres para segurar a ferramenta

Essa eu fiz e uso um perfil de alumínio como trilho, a principal vantagem é que o grampo fica sob a chapa e não atrapalha o curso da serra.

Fiz uma nova versão porém com perfil tipo régua de pedreiro.

 

Essa a serra fica firme no Jig, porém é preciso aparafusar uma régua na base da serra.

Para cortes estreitos como molduras e rodapés essa está ótima

Essa lembra a anterior, porém com capacidade de corte maior.

Essa é uma versão industrial que comporta qualquer marca de serra