Ela já foi a madeira da moda e atualmente pouco usada na marcenaria, contudo não perdeu seu charme e nem o perfume.

Nas décadas de 80 e 90 todas as casas possuíam algum móvel em cerejeira. Era fácil saber que a mãe do seu amigo havia trocado algum móvel, bastava sentir o cheiro agradável de madeira fresca no ar.

Nos grandes centros ela foi sendo esquecida logo no final dos anos 90, com a entrada definitiva do MDF na marcenaria.

Também conhecida pelos nomes populares: amburana, amburana-de-cheiro, cerejeira-rajada, cumaré, cumaru-de-cheiro, emburana, imburana, imburanda-de-cheiro, louro-ingá, umburana, a Cerejeira pode ser encontrada em quase todo o território nacional e na Argentina.

Para saber mais confira o vídeo abaixo.