Ando numa fase rústica. Acho que se deve por finalmente trazer minha oficina para o interior (ainda que improvisada).

E para aguçar ainda mais esse momento costumo caminhar e correr por estradas de terra e ao longo delas vejo troncos apodrecendo e virando comida de cupins.

Numa dessas saídas encontrei uma fatia de tronco de eucalipto (aqui chamamos de casqueiro), que é o primeiro corte antes de quadrar a tora e começar a retirar as tábuas ou peças desejadas, não resisti e carreguei aquilo no ombro por aproximadamente 1,5km.

A coisa estava pesada e sem duvida essa foi à etapa mais penosa do projeto inteiro.

Por fim ficamos satisfeitos com a peça que agora compõe a decoração da varanda inspirada nas florestas, mas isso só mostro quando estiver pronto, agora podem curtir a produção da peça.

Espero que gostem!