Sempre que o tema: “compra de ferramentas” surge ele vem acompanhado da pergunta: “Qual comprar?” e essa sequencia de pensamento está certo, entrar na primeira loja e levar para casa o primeiro item que o vendedor lhe ofereceu é um erro.

Em se tratando de equipamentos de solda a situação é bem complicada, porque não dá para chegar à loja e pedir para ligar “só pra ouvir o som”.

Conseguimos testar um modelo de entrada, ou seja, equipamento básico, de custo baixo e para trabalhos esporádicos. O modelo em questão é a Combat 160 Turbo da V8 Brasil e aproveitamos a oportunidade para testar um dos modelos de máscara de solda automática da mesma marca.

Apesar de ter apenas 160A o equipamento comportou-se bem e conseguiu soldar com eletrodos de 3,25mm e eletrodos E7018.

O review completo você pode ver no vídeo abaixo.